sábado, 15 de Outubro de 2011

Falecimento da autora do blog


A autora deste blog, Maria Silva, faleceu no passado dia 23 de Setembro de 2011, após uma longa luta de quase 6 anos contra o Cancro de mama que a vitimou.

Fica este blog em memória da sua dedicação e aptidões culinárias (as nossas refeições eram sempre surpresas deliciosas) e também do seu engenho para o artesanato (com as quais sempre surpreendeu os amigos), duas coisas de que tanto gostava e nas quais dava sempre o seu toque muito pessoal.

Para quem a conheceu de perto, ela era uma pessoa adorável simplesmente só pedia que gostassem dela e que a aceitassem como ela era.

Estas são as palavras do marido que tanto a amava e continua a amar.



segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Mais uma Toalha de Mesa

Esta toalha, feita integralmente pela minha mãe, é composta por quadrados alternados, uns de linho bordado, outros em crochet. O desenho do crochet foi mais ou mens copiado para o bordado:
Um pormenor do bordado:
E um outro pormenor do crochet:
Lindíssima, não acham?

sábado, 30 de Janeiro de 2010

Projectos de Natal - Presépio 3

Tenho me esquecido de aqui apresentar o resultado final do presépio que fui apresentando ao longo do mês passado. Sempre ficou pronto antes do dia de Natal... Lindo, lindo!!! Acabou por ficar em exposição em cima de um móvel na casa dos meus pais (oferta de Natal). Gabaram-mo imenso, não fossem também meus pais..., mas o certo é que já tenho encomendas!!!

quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010

Upgrade de Boneca de Trapos

Desta vez, Perni-longa não cresceu. Diminuiu!!!! Com os braços e pernas mais curtos e novo penteado, aqui está a Maria Perni-Curta: Foram um sucesso o Natal passado!

domingo, 17 de Janeiro de 2010

Pães de Queijo

Pois é! O novo ano começou e como se costuma dizer: ''Ano Novo, Vida Nova''! Com tantos projectos por fazer, uns novos, outros por acabar do ano anterior, alguma coisa tinha de ficar para trás... Foi este blogue! Mas regressei de novo! Fiquem atentos, pois temos novidades!!!!
Para hoje a sugestão são uns simples pães de queijo. Toda a gente cá de casa é gulosa por queijos! E tudo que leve queijo, deve ser bom com toda a certeza!!!! Daí a experiência. Aqui a atrasado tinha feito uns com polvilho azedo. Ficaram bons, mas gostei muito mais destes! Mais macios de paladar, mas definitivamente a saberem a queijo!
Ingredientes:
  • 200g de farinha triga com fermento
  • 100g de farinha milha
  • 200g de queijo ralado
  • 100g manteiga de culinária
  • leite q.b.
  • 1 saqueta de fermento

Misturam-se as farinhas e o fermento. A farinha triga tinha fermento, logo, adicionei apenas 1 saqueta de fermento. Se fizerem com farinha sem fermento não se esqueçam de adicionar mais 1 saqueta. Depois adicionei a manteiga aos pedacinhos para facilitar o amassar e um pouco de leite. Deve-se amassar à mão muito bem até não encontrar pedacinhos de manteiga ainda inteiros. O leite vai-se adicionando aos poucos. O que se deseja obter é uma consistência que adere a quase tudo tipo chiclet. No final, deixar a massa repousar pelo menos meia hora em ambiente aquecido ou pelo menos não muito frio. Se for mais tempo, uma hora ou mais, não faz mal. Menos é que não! A massa terá de crescer. No final do tempo adiciona-se o queijo do vosso gosto. Eu utilizei queijo de barra ralado grosso no ralador cá de casa. Uma opção muito mais económica, pois afinal tratava-se de uma experiência! E resultou maravilhosamente, ou seja, da próxima vez faço o mesmo! Volta-se a amassar até incorporar todo o queijo por toda a massa. De seguida forrei um tabuleiro com papel vegetal e com a ajuda de umas colheres fui deitando a massa no tabuleiro separando-a em pães. Com as dimensões do meu tabuleiro deu para seis pães do tamanho de papo-secos. Deixa-se de novo repousar a massa assim no tabuleiro pelo menos mais 45 minutos. Só depois é que vai ao forno. O tempo não sei, terão de ir vendo. Eu cozi estes no forninho que tenho na minha salamandra... Os tempos são bem diferentes! Estes demoraram um bom tempo, mas no final valeu a pena! A acompanharem a sopa do jantar foram um mimo!!! Os restantes não devem de escapar ao lanche de hoje, aquecidos e com uma noz de manteiga...

quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

Bom Ano Novo!

Um Bom Ano Novo para todos aqueles que me visitam! Que seja um ano melhor do que o anterior e com muita saúde que é o que se quer! Para vós, familiares e amigos, desejo tudo de bom! Boas Festas para todos!
E em Janeiro cá nos voltaremos a encontrar!

terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

Mais um Trombinhas!!!


Mais um elefante em tecido, desta vez em tons de cinzento (bombazine) e vermelho. Olhinho rosa. Cachecol para o frio. E mais uma menina bem contente!!!

quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

Projectos de Natal - Presépio 2

A imagem não está nítida, mas mesmo assim dá para ver o efeito geral. Prometo ter mais cuidado quando fotografar a obra completa, provavelmente sem flash seria melhor...
Mas o presépio está quase pronto! O fundo vê-se atrás já pintado também, assim como a moldura em que ficará.

Talvez nesta foto dê para perceber melhor todo o conjunto. A moldura ainda tem umas fitas a proteger o vidro, pois ainda falta envernizá-la: As figuras terão depois de tudo pronto, ser coladas dentro da moldura. No final o presépio ficará protegido dó pó, podendo ser dependurado numa parede e ficar permanentemente em exposição, ou apenas colocar a moldura pousada sobre um móvel.

Acho que me correu até melhor do que o que esperava...! Que acham?

quarta-feira, 2 de Dezembro de 2009

Empadão Folhado de Coelho

Este passado fim-de-semana foi dia de coelho! Adoro coelho! Estufado com tomate então...! Melhor, melhor... só se for em empadão de massa folhada! E foi o que foi... Fi-lo a pensar que talvez sobrasse alguma coisinha para o meu almoço do dia seguinte, mas qual quê...! Mais um bocadinho, ai está tão bom, é pena ficar na travessa... Enfim, tudo serviu de desculpa para se ir comendo mais um pouquito... E aos bocadinhos de cada vez, lá cheguei no final à conclusão que teria de cozinhar novamente ao almoço do dia seguinte... Ai eu!!!
Ei-lo aqui todo lindinho: Para fazer esta pequena maravilha, irá precisar-se de:
  • 1/2 coelho de bom tamanho
  • 2 cebolas
  • 2 tomates grandes
  • 1/2 cabeça de alhos secos
  • azeite
  • sal
  • 2 folhas de louro
  • 2 placas de massa folhada congelada

Faz-se um refogado com a cebola, os alhos, o azeite, sal e louro. Com a cebola já meio transparente adiciona-se o coelho já partido aos bocados. Juntam-se os tomates já pelados e partidos em cubos e deixa-se estufar tudo lentamente, adicionando quando necessário alguma água, suficiente apenas para não secar nem agarrar ao fundo. Quando a carne estiver já bem macia, retira-se do refogado, desossa-se e acrescenta-se de novo ao refogado. Retiram-se as folhas de louro, e se ainda tiver muito líquido, deixar reduzir, mas sem ficar demasiado seco.

Estende-se uma das placas de massa folhada, coloca-se na travessa que irá ao forno, por cima todo o refogado com o coelho e no final a segunda placa de massa a tapar tudo. Pincela-se com ovo batido e vai a forno quente até a massa estar cozida e bem folhada.

Desta vez porém, a massa não me cresceu tão bem, pois fiz o empadão no forno da minha salamandra, mas esqueci-me de ir verificando a lenha... Quando vi, o lume quase se tinha apagado... Mas mesmo sem crescer, estava uma delícia...!

Vai um pouquinho?

quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Presépio em Lego

E porque não!? Estando eu em arrumações, encontrei os meus legos. Se há brinquedo que sempre adorei desde menina eram os meus legos. Qual bonecas, qual quê...! Mas legos sempre! Olhei para eles, eles olharam para mim, precisava de um presépio... Bem, estive a brincar com eles umas horas e isto foi o que saiu: Um pouco 'atarracados' pois as peças não são assim tantas... E da mesma cor então, acho que o S.José me acabou com as verdes todas! O menino já está bem crescido, mas não consegui de forma alguma fazer uma criança mais pequena em lego. De qualquer das formas, por este ano, já tenho o meu presépio. Um pouco diferente do habitual, é certo, mas um presépio no mínimo, original. E o vosso, como será?