sábado, 7 de fevereiro de 2009

Ponto de Arraiolos - I

Poderia estar a ferir os sentimentos de algumas pessoas, mas para mim, o ponto de arraiolos é como o crochet ou as malhas: cada qual tem a sua arte e forma de a fazer. E sejamos sinceros, nestas andanças de agulhas, linhas e fios, o que importa é o resultado final. Fora isso, resta-nos o prazer de sermos nós próprios a fazer a obra!
Posto isto, e a pedido de um ou uma leitora deste blogue (não consegui identificar), passo a apresentar com imagens como eu faço os cantos em ponto de arraiolos (a dois fios).
No final da carreira, quando se chega ao ponto do canto, muda-se a direcção dos pontos como ilustra a foto abaixo (atenção à direcção da agulha): De seguida, apanha-se apenas um dos fios da tela (o mais do canto) e passa-se o fio por baixo da agulha antes de o puxar:
Basta agora continuar a cozer, fazendo nova carreira até ao próximo canto:
Espero ter tirado a dúvida. Se não, ou para mais dúvidas, por favor comunique-me.

1 comentário:

Alvaro disse...

Estou com problemas para preencher o meu trabalho de arraiolos. Se as filas têm o mesmo nº de pontos faço bem. No entanto ao começar a fila de cima se ela tem um ponto a mais não sei o que fazer por favor ajudem-me.
Agradeço desde já. atenciosamente Mik