sábado, 12 de julho de 2008

Tapete de Sala (em Arraiolos)

Confesso que fiquei um pouco viciada quando há poucos anos atrás comecei a fazer Arraiolos. Não tem nada de especial, qualquer um consegue fazer, é apenas preciso paciência. Muito parecido com o Ponto Cruz, só que o Ponto de Arraiolos é apenas ligeiramente diferente e é feito com lãs sendo a tela maior. O único problema é que é demorado e confesso que com o calor simplesmente não dá muita vontade de trabalhar com lãs. Mas adoro os trabalhos feitos!!!
Desta vez aventurei-me a valer! Estou a fazer um tapete para a minha sala-de-estar com 3,5 x 4,5 metros. Doida? Talvez! É trabalho para uns dois a três anos, uma vez que apenas faço um pouco de Arraiolos à noite depois da cozinha arrumada, e nem todos os dias tenho disponibilidade. Um dia há-de ficar pronto!!!
Demorei imenso tempo a escolher um desenho que me agradasse (e ao meu marido também, claro). Por mais que não seja, depois do trabalho feito, vou ter de olhar para o tapete todos os dias por muitos e bons anos! Decidi-me por um desenho simples para ser menos cansativo, geométrico pois posso assim pude escolher o tamanho que queria, e em tons de castanho, pois é nesses tons que tenho a decoração da minha sala. Fiz uma almofada para ver se as cores iriam ou não conjugar bem umas com as outras e servir assim de modelo. Ei-la aqui já pronta: Gostei imenso deste desenho! É chamado de Monserrate. Quanto ao tapete em si..., bem..., ainda está assim:

Daqui a uns meses volto a tirar uma foto para se verem os progressos.

1 comentário:

Malhinhas disse...

Olá!
O padrão é mesmo muito bonito... estou ansiosa por ver o tapete!